Crianças brasileiras são as que mais ficam na internet, diz estudo.

Um levantamento realizado pelo Ibope Nielsen Online, divulgado neste mês de setembro, apontou que as crianças brasileiras são as que permanecem mais tempo na frente do computador e conectadas à internet. Em média, crianças de 2 a 11 anos passaram 17 horas online, durante o mês de maio deste ano.

A média nacional pode ser considerada uma das mais altas do mundo, superando o índice da França, considerado um dos maiores, mundialmente falando. No país europeu, os jovens representam 7,8% de usuários domiciliares nas redes, e o tempo médio em que ficam conectados é de 10 horas e 37 minutos.

Além do tempo de conexão na internet, o Brasil também está em destaque no uso expressivo da banda larga. Apenas em maio deste ano, 12,4% das 5,9 milhões de crianças no país usaram conexões de mais de oito mega. O número correspondeu a 15,7% do total de usuários domiciliares brasileiros que se conectaram com essa velocidade.

Fonte: Exame